O Ministério Público do Estado (MPE) quer suspender a cobrança de multas de trânsito que eventualmente tenham sido feitas por meio de sete aparelhos fotossensores na cidade de Aquiraz, a cerca de 30 km de Fortaleza.

Um promotor requer que o juiz da comarca declare como nulas as multas feitas por esses equipamentos. Caso a Justiça concorde com o promotor, o dinheiro recebido pelo excesso de velocidade será devolvido aos condutores dos veículos.

Veja a notícia na íntegra, no portal O Povo, clicando aqui.

Esta publicação foi indicada pela estudante de Jornalismo, Mariana Martins, moradora da Prainha, em Aquiraz.

O mesmo MP que serve à população é ameaçado pelo Senado

Proposta de Emenda Constitucional – PEC 37, pode tirar o poder de investigação do Ministério Público e outros órgãos investigativos.
Se você quer o Ministério Público fora das investigações criminais, feche os olhos. Se não, compartilhe e, também, envie sua opinião para: www.senado.gov.br/senado/ouvidoria
www2.camara.gov.br/a-camara/ouvidoria
É NECESSÁRIO TRANSFORMAR SUA ADESÃO EM LEGÍTIMA PRESSÃO SOBRE O CONGRESSO NACIONAL CONTRA A MALSINADA PEC 37

A manifestação contrária à PEC-37, foi retirada do Facebook, a partir de publicações dos promotores Ricardo Machado e Rinaldo Janja.

Por Joaquim Paiva
Presidente da Associaçã Gente Ajudando Gente – AGAGE

———————–

Mais informações:

10 Motivos contra a PEC37 – http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/10-motivos-contra-a-pec-37

Procurador Geral, Onofre Neto classifica PEC 37 como um “acinte à democracia e à sociedade brasileira” – http://blog.tribunadonorte.com.br/panoramapolitico/procurador-geral-de-justica-onofre-neto-classifica-pec-37-como-um-assinte-a-democracia-e-a-sociedade-brasileira/78756